O Rio e Eu
PUNCH TV – Um nocaute de humor
24 de janeiro de 2014
Súbito
28 de março de 2014
Mostrar todos

O Rio e Eu


 

Uma foto rasgada ao meio resgata em um senhor as memórias de uma amizade da infância. Tentando resgatar do esquecimento um romance puro e inocente que viveu, José parte em busca de seu antigo amor e é surpreendido por uma mistura de emoções. Esquecimentos, recordações, tristezas e alegrias em um paralelo entre sonhos e realizações, lembranças e esquecimentos, procuras e fugas.

O filme aborda a pureza do primeiro amor em um tom sutil e nostálgico. O relacionamento entre os personagens principais, tanto no passado idealizado quanto no presente realista, leva o público a uma reflexão sobre a invencibilidade do tempo sobre um amor sincero.

O Rio e Eu é um média metragem produzido pela Oger Sepol e com direção de Diego Lopes e Claudio Bitencourt. Viabilizado através da lei Rouanet com patrocinio da Marcegaglia do Brasil, Celesc, Ciser e Fiação São Bento. O filme participou de diversos festivais nacionais e internacionais, entre eles: Quarto Festival Curta Cabo Frio 2010; Sétimo Votorantim Cine Fest 2010; The Los Angeles Brazilian Film Festival 2011; XV Cine-PE Festival do Audiovisual; Short Film Corner 2011 – Festival de Cannes; XXXVIII Jornada Internacional de Cinema da Bahia; Cine Festival Inconfidentes 2011.

Acesse o Hot Site do filme para mais curiosidades: http://ogersepol.com/orioeeu/